Variedades,
32 MIN

EP 02: História das Mulheres na cafeicultura

19/07/2017
MP3

Elas estão colhendo café, trabalhando no terreiro, negociando, exportando, degustando profissionalmente, pesquisando cientificamente, enfim… elas estão em toda parte! No passado, porém, sua presença e importância na cafeicultura brasileira não foram registradas em documentos, contratos e recibos.

O ciclo de invisibilidade da mulher na cafeicultura perpetua até hoje, mas com uma diferença: agora, elas estão se organizando. Para entender melhor como a mulher sempre foi protagonista cafeicultura, convidamos a historiadora Ana Luiza Martins para descrever fatos que a História oficial não conta.

Links dos relatórios citados nesse podcast:

Em janeiro de 2012 é lançada pela International Trade Centre a publicação The Coffee Exporter’s Guide (Third Edition) onde, no capítulo 3, à página 61, consta que ‘In 2008, ITC conducted a survey on the role of women in the coffee sector. Twenty-five persons, mainly women, in 15 coffee producing countries in Africa, Asia and Latin America, provided information. The survey showed considerable differences between individual countries with, for example, women doing little of the field and harvest work in Brazil (highly mechanized and often alternative jobs for women), but as much as 90% in some African countries (nearly all manual). Women play only a small role in in-country trading in most countries, whereas in Viet Nam this is around 50%. The data gathering was limited to 15 very different countries only, but at least made it possible to indicate a kind of ‘typical’ role of women in the sector. Disponível aqui.

Em 2014 é lançada pelo Sustainable Coffee Program a publicação ‘Sustainable coffee as a family business – approaches and tools to include women and youth’, onde consta, à página 12, que ‘In Brazil, where a third of the world’s coffee is produced, you find a very low percentage of women in field work and harvest, due to the high level of mechanized farming’. Disponível aqui.

Mais informações sobre a governanta alemã, Ina Sofie Amalie von Bentivegni, que a entrevistada cita aqui.


Museu do Café

Os fragmentos de depoimentos publicados nesse podcast são uma cortesia do Museu do Café de Santos. Esse áudio faz parte de um trabalho lindo de resgate do passado do café no Brazil, chamado Memórias do Comércio do Café de Santos.

Créditos dos áudios:
STRIZI, Regina, corretora de café da cidade de Santos – SP. Entrevistadores: Bruno Bortoloto do Carmo e Pietro Marchesini Amorim. Santos, Museu do Café, 2011, 8p.

VIGGIANI, Josephina, torrefador de café da cidade de Santos – SP. Entrevistadores: Bruno Bortoloto do Carmo e Pietro Marchesini Amorim. Santos, Museu do Café, 2011, 7p.
CARVALHO, Maria Dias, trabalhou como catadeira de café na infância na cidade de Santos – SP. Entrevistadores: Bruno Bortoloto do Carmo e Pietro Marchesini Amorim. Santos, Museu do Café, 2012, 6p.

Crédito da Foto (capa do episódio): Imigrantes em uma fazenda de café em São Paulo no início do século XX, registro do Museu Histórico Ernesto Ricciardi.

Livros indicados nesse episódio

História do Café de Ana Luiza Martins
Os Meus Romanos – Alegrias e Tristezas de uma Educadora Alemã no Brasil
Ruídos da Memória, Marina Maluf

Quer ajudar as mulheres do café? Então acesse o site da Aliança Internacional das Mulheres do Café (IWCA) e veja como aqui.


Convidada:

Ana Luiza Martins, historiadora e autora do livro História do Café.


ABSTRACT

They are harvesting coffee, working on the drying pátios, trading, cupping professionally and making scientific researches. They are everywhere! In the past, however, their presence and importance in the Brazilian coffee production were not ofically registered in documents, contracts and receipts.

The cycle of women’s invisibility in the coffee industry perpetuates until the actual days, but with a difference: now they are organizing themselves. In order to understand better this foggy past related to women in coffee in Brazil, we invited the Historian Ana Luiza Martins to tell us what we never learn in books.

This is a really interesting episode for everyone who wants to know more about Brazilian women in coffee, however, the interview is in Portuguese.


Corta caminho
  • 7:30

    Conheça um pouco sobre a historiadora Ana Luiza Martins e seu livro A História do Café.

  • 9:50

    A verdadeira história das mulheres na cafeicultura brasileira começa.

  • 15:45

    Será que a baronesas e mulheres da elite do café só tinham vida boa? A História não é bem assim!

  • 18:45

    Conheça a história da grande Sebastiana Pimentel da Cunha Bueno, a baronesa do café que se embrenhou nas fazendas de café da família para salvar financeiramente e ainda recebeu condecorações de Getúlio Vargas e foi a primeira prefeita da cidade de Pau Assu.

Deixe uma resposta

Scroll to top